SUSANE VIDAL


Jornalista, escritora, professora universitária e mestre de cerimônia.

13
jun
2018

Toda forma de amor

Nenhum Comentário

Em sua essência, amor não tem forma, também não tem cor, raça, gênero, circunstância. Palavra pequena com um significado grandioso. Tão grande que desperta a curiosidade, o voyerismo, a cobiça, o arrependimento.

E se não tem forma, também não tem jeito certo para viver, amar e demonstrar. Cada um que ache sua fórmula, sua receita, sua entrada e talvez até sua saída. E se isso vier a incomodar, não se apresse em julgar.

Há pessoas que precisam de bússola para definir uma orientação a seguir. Outras apenas vivem, sem questionar, sem perder tempo de amar. São eficientes em aromatizar o frescor do amor.

E por quê não amar se isso é inerente ao ser amante, amado, amador e profissional do amor? Simplesmente ame, simplesmente assim, simplesmente viva o amor que você escolheu pra si.

Nenhum Comentário

No comments yet.

Deixe seu comentário


Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.