SUSANE VIDAL


Jornalista, escritora, professora universitária e mestre de cerimônia.

30
mar
2016

O que o torna incansável

2 Comentários

Olhando o exemplo dessa porquinha, a gente aprende muita coisa e o melhor, são ensinamentos tão valiosos que não há como ignorá-los. Cada um tem um limiar para a persistência, esperança, sofrimento e dor. Mas é sempre bom ver alguém, mesmo uma graciosa porquinha, nos mostrar que no processo de tentativa de acerto, ainda que não alcancemos o êxito, o processo de aprendizagem se refaz.

2 Comentários

Pedro em 3 de abril de 2016 15:23 disse:

O que nos torna incansáveis?
Uma mistura de atrevimento e ingenuidade. Uma boa fé… Cheia de fé.
Um desejo, nobilíssimo e humaníssimo, de ir além… E contrapor-se às impossibilidades.

Clarice Meireles em 10 de abril de 2016 13:52 disse:

Só a teimosia pacífica perturba o descanso e amolece a dureza da vidinha implicante.
Acredito que a persistência seja uma coisa de Deus. Deus, que insiste em nos amar, é o maior dos “teimosos”.

Deixe seu comentário


Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.