SUSANE VIDAL


Jornalista, escritora, professora universitária e mestre de cerimônia.

29
set
2014

É você mesmo?

6 Comentários

Olho

O ser humano é naturalmente curioso. Outro dia, estava em um supermercado reabastecendo a despensa, quando vi três pessoas, representantes de produtos de uma determinada seção, conversando, ou melhor, "cochichando". Eles falavam baixinho, mas sou boa ouvinte, principalmente quando percebo que sou o motivo do comentário. E ouvi.

Não era nada demais, a dúvida, era para saber se eu era eu mesma. Será que é? Será que sou? Confirmei. Parece engraçado, mas às vezes, acontece. Tudo bem, vou ser sincera, quase sempre acontece. No supermercado, shopping, restaurante, posto de combustível... Talvez a ausência da maquiagem, do salto alto e das luzes do estúdio, tenham contribuído um pouco para os segundos de dúvida. Fazer o quê? Férias são férias e eu me permito, sem o menor constrangimento.


01
set
2014

Sabor de férias

4 Comentários

Carinha feliz

O melhor sabor de férias é não ter sabor, bem como não ter compromisso, horários, missão, rotina e nem roteiro. Deixar-se levar ao sabor do improviso é uma atitude que pode surpreender os mais incrédulos de que o mundo das acontecências seja encantador.

Se algo nos acontece, para o bem ou para o mal, por si só merece uma observação mais cuidadosa. E, óbvio, embrulhados numa agenda repleta de trabalho, falta-nos o tempo necessário para essas análises. É justamente por isso que existem as férias. Não apenas no calendário, mas na maneira de enxergar o que está em nossa volta.