SUSANE VIDAL


Jornalista, escritora, professora universitária e mestre de cerimônia.

25
maio
2014

A TV no sertão

1 Comentário

2014-05-23 11.51.38

Passava das nove horas da manhã, quando chegamos ao local da transmissão do telejornal SETV1 da TV Sergipe, afiliada da Rede Globo, em Canindé de São Francisco, no sertão de Sergipe. A proposta de apresentar o telejornal ao vivo de lá foi por causa do lançamento do sinal digital da emissora na região.


20
maio
2014

Mudança de hábito

1 Comentário

O concurso The Voice já revelou inúmeros talentos em vários países, mas nunca surpreendeu tanto quanto na versão italiana deste ano quando deu espaço para uma cantora inusitada. Com alegria nos olhos e usando roupas que identificam a fé que professa, a irmã Cristina Scuccia não apenas canta, como encanta.


08
maio
2014

Susto na madrugada

1 Comentário

Outro dia passei por uma experiência que me fez pensar em situações cotidianas que muitas vezes não damos a atenção necessária...

Imagine ter alguém da família que viaja a trabalho para outra cidade e em um determinado momento fica incomunicável? Não atende telefone, nem responde mensagens enviadas pelo celular, whatsApp, e-mail... Numa hora dessas em que você pensa? Foi o que pensei.

Foram em torno de quarenta minutos de muito desespero até que o contato foi restabelecido. E, graças a Deus, não foi nada grave. Apenas um descuido, na verdade uma atitude simples, que resultou na falta de comunicação. Deixar o celular carregando em outro cômodo, distante, e praticamente sem volume.


07
maio
2014

A elegância do calar

3 Comentários

calar

Regra simples da vida... Só devemos falar sobre aquilo de que temos o mínimo conhecimento. Se conhecemos pouco, falamos pouco. Se nada conhecemos, nada falamos. E, se conhecemos, mas não entendemos, devemos respeitar. Pronto... Fácil, assim.

Isso vale para as pessoas... Por quê falar algo negativo, se nem tivemos a oportunidade de descortinar o que esta pessoa revela ou vela? Não é um conselho ou dica de auto ajuda, apenas uma noção exata de civilidade. E olha que isso faz uma diferença incrível. Pode crer!!!