SUSANE VIDAL


Jornalista, escritora, professora universitária e mestre de cerimônia.

30
dez
2010

Desejo 2011 seguidores no Twitter

18 Comentários

Estava pensando em virar o ano com 2011 seguidores no Twitter. Falta pouco, e por isso acredito que posso sonhar com esse desejo... Então pensei em algo bem bacana. Mas para isso vou precisar da ajuda de meus leitores, seguidores e amigos virtuais. Bom, quem for meu seguidor (a) de número 2011, para brindar o ano novo que chega cheio de expectativas, vai ganhar mais uma seguidora: eu.

Isso mesmo, se eu conseguir virar o ano com 2011 seguidores no Twitter, serei seguidora dessa pessoa. Então, está dada a largada dessa competição saudável. Quem será seguido (a) por mim?

Hummmm.... tem outra coisa: quem já é meu seguidor e divulgar no Twitter, Facebook, Orkut e outras redes sociais essa “corrida rumo ao seguidor 2011 de Susane Vidal” poderá ser seguido por mim também. Conto com vocês!!!


29
dez
2010

Voz: marca da identidade

22 Comentários

Rouca, áspera, sussurrada, gutural, infantilizada, feminilizada, hipernasal, trêmula... Numa rápida pesquisa encontrei mais de 20 tipos de voz. Cada uma com uma característica peculiar, algumas mais sonoras que outras, melosas, sedutoras, agradáveis... Muito se fala dos cuidados com a voz, não apenas para quem trabalha profissionalmente com ela, a exemplo de cantores, atores, professores, locutores, jornalistas... Todo mundo (exceto os que não falam, óbvio) utilizam a voz e precisam dela para se comunicar.

Com o passar do tempo, muita coisa muda em nossas vidas: nossas escolhas, planejamentos, vida financeira, amorosa, cabelos, pele, peso..., mas em geral, a voz permanece inalterada. Ela é a marca de nossa identidade e por ela somos conhecidos e reconhecidos. Quantas vezes não nos aventuramos nas brincadeiras, ora infantis, de tentar dar um tom diferenciado à voz com o propósito de não sermos revelados?  O telefone sempre foi e é um excelente aliado para isso. E por ele, ao reconhecer o autor da voz do outro lado da linha, quantas vezes o coração não dispara? É uma sensação quase instantânea: surpresa, alegria, êxtase, aceleração cardíaca, felicidade. Em outros momentos, tristeza, raiva, indiferença, pressa para desligar.

A voz também é um excelente mecanismo de conquista... independentemente de bonita ou não, a voz marca. E para cada voz há uma pessoa eleita que carrega consigo o timbre que a diferencia de outras vozes. Há até os que a imitam, mas não possui a mesma singularidade. Voz é única, é sua, é minha, é dele ou dela. A voz que fala, pouco ou muito, sempre registra no ouvido de quem escuta uma mensagem. Nesse momento, sem que me “ouçam” digo: a voz também emite os sons do coração, da alma, do momento em que vivemos, conquistas, decepções, cansaço, esperança, cordialidade, simpatia, medos, angústias, alegrias e expectativas... Numa breve análise, como está a sua voz hoje?? O que ela quer dizer?? A quem e o que ela tem dito??